Jair Bolsonaro confirma compra de vacinas da Pfizer

O Presidente Jair Bolsonaro confirmou nesta quinta-feira (3) que o governo irá comprar as vacinas do laboratório Pfizer, depois de vários meses de negociações. O anuncio acontece após ele se recusar a fechar o contrato por discordar de uma cláusula em que a empresa pedia que os governos assumissem os riscos de eventuais processos no caso de efeitos colaterais da vacina.

“Onde tiver vacina para comprar, nós vamos comprar. Por que o Pazuello [ministro da Saúde] assinou ontem [quarta-feira] contrato com a Pfizer? Porque a Pfizer é clara, está lá no contrato: ‘Não nos responsabilizamos por qualquer efeito colateral’. Daí, o pessoal fala que eu falei que vai virar um jacaré. Não tem mais figura de linguagem no Brasil para esses idiotas da imprensa”, disse o chefe do Executivo nacional a apoiadores no aeroporto de Uberlândia (MG).

“Então, já que o Congresso falou que pode comprar essa vacina, o Pazuello ontem assinou o contrato. Vamos comprar. No mês que vem, eu não sei a quantidade, mas vão chegar alguns milhões aqui no Brasil”, completou o mandatário.

Na oportunidade, o presidente reclamou ainda da repercussão da frase sua, dita em dezembro, de que a vacina da Pfizer poderia transformar as pessoas em “jacaré” e disse que foi um apenas uma “figura de linguagem”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui