Vídeo: Vendedora de pastel ora e chora; “Preciso trabalhar”.

O desespero está tomando conta dos brasileiros que são impedidos de trabalhar por prefeitos e governadores.
Moradora da cidade de Currais Novos no Rio Grande do Norte em desespero acusa a governadora de não deixa-la trabalhar. O povo sabe quem esta lutando pela sua liberdade e quem esta impedindo de trabalhar.

Estou pedido que suspenda este lockdown. Não tem necessidade aqui em Currais Novos não. Quando sai vendendo, não tem ninguém nas lojas. A rua está deserta.”

(Estou) “Pedindo que está governadora use o bom senso, porque não tem condições não. Com certeza ela tem o que comer em casa. Eu e você talvez não tenha, se a gente não vir pra rua. Eu tô tentando juntar dinheiro pra comprar meu bujão e não consegui. Tai a mercadoria.”

“Estou pedindo a nossa senhora Santana e Daguia que interceda pelas pessoas que estão lutando a cada dia e pra essa governadora, que inclusive votei nela. Eu ajudei a botar ela no poder.”

“Suicídio vai aumentar nestes 15 dias, a fome vai aumentar. Agora, ninguém vai pagar meu aluguel não. Eu não sei como vou pagar. Ela (a governadora) faz um negócio desses. Eu estou aqui pedindo, esta hora, que pare pelo amor de Deus. Deixe a gente trabalhar. Ninguém é bandido não. A gente não é bandido não, minha gente.”

“Senhora governadora, a senhora vai mandar o auxílio emergencial, o auxílio humilhante? Num vai não, num vai não viu? Num vai pagar minha conta nem meu bujão, só isso que quero dizer. Agora diga! Eu votei na senhora, viu? Eu votei na senhora.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui