Gilberto Gil, sempre contemporâneo, traz Juliette para a cena universal da música brasileira

“Energia tão linda”, diz Juliette, que ouve de Gilberto Gil: “Cresceu com essas festas”. Ele reativa: “Meu Deus. Nossa alma, nossa vida”. Esta é a síntese de um dos melhores momentos da Live do genial Gilberto Gil atraindo em torno dele o saber profundo do significado da música nordestina com a presença fulgurante de Juliette Freire, vencedora do BBB 2021, uma grande paraibana de valor.

Noite extraordinária. Uma jovem estreante com perfil e narrativa diferenciada não se deixou de intimidar diante do grande ícone da MPB e deu recado como se fosse uma veterana sem ser. “Esperando na Janela”, música de Targino Gondim, baiano de valor muito especial fez seu diálogo atual.

Gilberto Gil é além de tudo um radar de valores além da Bahia, que sempre ancorou, mas neste dia de São Antônio, reverenciou o talento de Juliette

Que bom: ela saiu de palco ovacionada.

A MÚSICA DE GIL:

“Há de surgir
Uma estrela no céu
Cada vez que ocê sorrir
Há de apagar
Uma estrela no céu”
Cada vez que ocê chorar

ALÉM DE TUDO, FILOSÓFICO

Gilberto Gil exorbita no universo musical até porque entende profundamente das raízes, que não só do universo profundo da africanidade de Mãe Carmem, substituta de Mãe Menininha do Cantuá, porque sabe das influências do forró.

Foi e sabe da influência além do Forr All – dos ingleses, e é um entendedor da originalidade como fosse a refazenda negra de um gênero mestiço.

Neste cenário Juliette soube dar seu recado magistralmente, paraibanamente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui