Em possível dobradinha com fortes raízes sertanejas para 2022, Mersinho Lucena e Felipe despontam com grande popularidade da capital ao interior

As articulações rumo às eleições de 2022 estão em pleno vapor em todo o Estado, muitos entendimentos e conversas proveitosas estão acontecendo do sertão ao litoral, com possibilidades de boas dobradinhas eleitorais, principalmente para Assembleia Legislativa e a Câmara Federal.  Um exemplo disso são os diálogos em torno da pré-candidatura do vice-prefeito de Cabedelo, Mersinho Lucena (Republicanos) a Deputado Federal e da reeleição do deputado estadual Felipe Leitão (Avante), atual secretário do Desenvolvimento Social de João Pessoa. Essa articulação deve resultar em uma interessante parceira eleitoral, com jovens e promissores políticos, que conhecem a realidade estadual, tendo em ambas as genealogias a presença marcante de políticos experientes e que fizeram e fazem história.

Em recente entrevista a imprensa, Felipe Leitão disse que para deputado federal estava em conversação com Mersinho Lucena, ressaltando a juventude e a proximidade politica dos dois. “Em João Pessoa, a dobradinha tem tudo para ser e vai ser com Mersinho Lucena. Me identifico muito com ele, somos amigos de longas datas, e estou na gestão agora para contribuir com a melhor qualidade do serviço social da Capital”, disse Felipe.

Mersinho e Felipe têm em comum raízes sertanejas e outras afinidades. O deputado Felipe Leitão é bisneto do primeiro prefeito constitucional eleito do município de Sousa, Coronel Emídio Sarmento de Sá, neto do ex-deputado estadual, Ex-Secretário de Segurança Pública do Estado, Ex-Secretário do Interior e Justiça do Estado da Paraíba, Eilzo Nogueira Matos, e filho do ex-deputado estadual e atual vereador da Capital, Mikika Leitão. Já Mersinho Lucena é filho do sertanejo de São José de Piranhas, o prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (PP) e da ex-vice-governadora do Estado, Lauremília Lucena, que por sua vez é filha do casal sousense Sandoval Silva de Assis e Amália Rodrigues de Assis, avós de Mersinho, fazendo com que a presença dele no sertão e notadamente em Sousa fosse muito frequente, sobretudo na infância e adolescência.

Mersinho está atualmente filiado ao Republicanos, no entanto há possibilidade de mudança de sigla para encarar a disputa proporcional rumo à Brasília. O Avante do próprio Felipe Leitão, o Cidadania de João Azevedo e o Progressistas de Aguinaldo Ribeiro são os destinos mais prováveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui