O ex-ministro da Justiça Sergio Moro esteve em Brasília no início desta semana. Ele chegou à capital na 2ª feira (12.jul.2021) e teve reunião com a presidente do Podemos, Renata Abreu

Os principais temas da conversa foram a conjuntura política atual do Brasil, filiação ao partido e eventual candidatura presidencial em 2022. Moro manteve os prazos que já havia estipulado para dar respostas: início de 2022.

Um dos maiores entusiasta da candidatura de Moro, o senador Álvaro Dias (Podemos-PR) não participou da conversa. Ele está no Paraná e deve encontrar-se com o ex-juiz ainda esta semana. Moro foi para Maringá, onde vai encontrar parentes, e depois passa uns dias em Curitiba. Retorna aos Estados Unidos no fim desta semana ou início da próxima.

Repercussão

Os senadores do Podemos são entusiastas de Moro. O partido tem a 3ª maior bancada do Senado sob a liderança de Álvaro Dias. Eles participaram de reunião nesta 4ª para reunião sobre a sucessão presidencial, Distritão e voto impresso.

Segundo Dias, o debate sobre a sucessão foi adiado para agosto. Nos casos do Distritão e voto impresso, a tendência do partido é liberar a bancada para votar como preferir. Renata Abreu é relatora do projeto que propõe a adoção do Distritão.

Na Câmara, há resistência a Moro. Alguns dos 10 deputados do partido são próximos ao governo de Jair Bolsonaro. Eles pretendem apoiar o presidente no ano que vem. Com um candidato na sigla, a situação fica mais difícil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui