Grupo suspeito de torturar famílias durante assaltos é preso no Sertão da Paraíba

Um grupo de sete pessoas foi preso suspeito de invadir casas, roubar e torturar as famílias que moram nos imóveis, localizados no Sertão da Paraíba. As ações foram registradas nos municípios de Cajazeiras, Condado, Patos, Princesa Isabel e Sousa.

Segundo a Polícia Civil, seis homens e uma mulher faziam parte do grupo. A mulher seria responsável por trabalhar como diarista e apontar a rotina das residências, enquanto os homens executavam as ações.

Dois carregadores de pistola e seis celulares, joias e roupas, que podem ter sido roubadas de lojas, foram apreendidos com os suspeitos.

As prisões aconteceram por meio da “Operação Cactos”, deflagrada pela Polícia Civil, Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros.

Os suspeitos foram levados para o Presídio de Patos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui