Homem é condenado a 19 anos de prisão por matar ex-mulher com tiro na cabeça, na PB

A Justiça condenou Damião Felismino dos Santos a 19 anos de prisão pelo crime de por feminicídio contra sua ex-companheira, Dayane Mikelli Félix da Silva, de 25 anos, morta com um tiro na nuca no dia 25 de outubro de 2019, na cidade de São José do Bonfim, Sertão da Paraíba.

 A jovem foi encontrada morta em um colchão na sala da casa onde morava.

O julgamento ocorreu nesta terça-feira (17), e foi presidido pela juíza Dra. Isabela Joseane Assunção. Acusação foi feita pelo promotor de justiça Samuel Colares e pelo advogado José Marcílio e a banca de defesa foi composta pelos advogados Núbia Soares e Corsino Neto.

O julgamento durou quase 10 horas e Damião foi condenado por maioria, sendo 4 votos contra e 3 a favor, conforme apurou o Notícia Paraíba.

Além do crime de feminicídio, Damião também vai responder por porte ilegal de arma.

O acusado foi levado para o Presídio Regional Romero Nóbrega, em Patos, onde deverá cumprir a pena.

Notícia Paraíba

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui