Pai de Lucas Santos desabafa após morte do jovem: “Nunca é tarde para procurar ajuda”

O empresário e cantor César Soanata, pai de Lucas Santos, de 16 anos de idade – de sua relação com a ex, a cantora Walkyria Santos – desabafou sobre a perda do adolescente no Instagram nesta quarta-feira (4). O jovem, que foi encontrado morto em casa, em Natal (RN) nesta terça-feira (3), tirou a própria vida após receber comentários homofóbicos por um vídeo que publicou no TikTok. Walkyria ainda é mãe de Bruno, de 20 anos, também com César, e de Maria Flor, de 10, de outra relacionamento. Em um vídeo postado na rede social depois do sepultamento de Lucas, César agradeceu pelas milhares de mensagens que tem recebido desde a notícia da morte do filho.

“Agradeço pelas condolências e pêsames que venho recebendo desde ontem. Eu não tenho como falar, não tenho como expressar a minha gratidão a vocês porque, graças ao meu bom Deus, à minha família e aos amigos, estou aqui de pé. Eu já falei ontem no velório do meu filho, eu já falei hoje de novo e vou falar milhões de vezes se for necessário: ‘a morte do meu filho não vai passar em branco. Eu tenho certeza que Deus me deu uma missão e que irei cumprir essa missão, que é tentar abrir os olhos dos pais e das mães que a vida é muito mais do que uma curtida na rede social, é muito mais do que uma postagem com visualizações'”, disse.

César continuou seu desabafo criticando os haters, pessoas que postam comentários de ódio ou crítica na web sem nenhum critério. “A humanidade está doente, totalmente doente. A depressão, infelizmente… Agora estou sentindo na pele… Porque a gente acha que só acontece na casa do vizinho e, infelizmente, aconteceu na minha casa e, infelizmente, eu não estava perto para tentar fazer algo. Estou fazendo esse vídeo para você pai, para você mãe, para você jovem, para você adulto: ‘nunca é tarde para procurar apoio, nunca é tarde para procurar ajuda'”, encorajou.

O pai do adolescente direcionou seu discurso aos responsáveis. “Você pai, você mãe, faça questão de estar perto dos seus filhos o máximo que puder, faça questão de deixar claro para eles que vocês não são só pai e mãe e sim que vocês são os melhores amigos, o amigo que dá a vida por eles. Para que o jovem possa entender que conversar com o pai ou com a mãe não é ter a certeza de que será castigado ou punido e sim ouvido. A gente precisa cuidar da nossa juventude. As pessoas precisam de mais amor, mais empatia, mais respeito, amor ao próximo e, principalmente, Deus no coração”, opinou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui