Grupos contra e a favor de Bolsonaro realizaram atos em João Pessoa

As manifestações do Dia da Independência nesta terça-feira (7), aconteceram nas principais cidades paraibanas com segurança reforçada. De acordo com a Polícia Militar (PM), os eventos foram programados em pelo menos 18 municípios do estado.

Segundo o coronel Lívio Delgado, a corporação trabalhou com planejamento estratégico dos setores de inteligência e policiamento preventivo. A maioria do reforço de 1,5 mil policiais esteve concentrado nos grandes centros, como João Pessoa, Campina Grande e Patos. 

Militantes e apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fizeram manifestações em várias partes do país durante o dia. A data também deve contar com protestos de grupos contrários ao chefe do executivo e a favor do impeachment.

Cabedelo, no Litoral paraibano, foi uma das cidades onde estiveram registradas manifestações a favor do presidente da República. Com motocicletas e carros, os apoiadores cruzaram a Região Metropolitana e seguiram em direção ao município de Santa Rita. Na capital, o principal ponto de encontro foi o Busto de Tamandaré, onde apoioadores do presidente ergueram faixas e bandeiras após uma carreata que partiu da Praça da Independência, no Centro da cidade.

Manifestantes reunidos em praça de Cabedelo, na Paraíba. (Foto: Pollyana Sorretino/RTC)

Em João Pessoa, o ato contra o presidente aconteceu pela manhã na Praça das Muriçocas, no bairro de Miramar. Os manifestantes caminharam pela Avenida Epitácio Pessoa em direção ao Busto de Tamandaré. O movimento chamado Grito dos Excluídos pede a saída de Bolsonaro do poder.

Manifestação contra Jair Bolsonaro, em João Pessoa. (Foto: Anne Gomes/RTC)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui