PM prende 2 e localiza ‘laboratório’ de refino de drogas em CG; traficantes usavam cal e creatina para duplicar volume da cocaína

Policiais da Força Tática do 2º BPM prenderam dois acusados de tráfico de droga e encontraram uma espécie de laboratório de droga no Conjunto João Paulo II, em Campina Grande.

A ação aconteceu por volta das 14h desta quinta-feira (14), quando os agentes faziam rondas na localidade e visualizaram um carro de cor preta. Quando a viatura se aproximava, o condutou aumentou a velocidade e a partir daí, teve início uma perseguição pelas ruas do bairro Ramadinha.

Durante a ação, os policiais observaram que um dos ocupantes chegou a jogar um pacote dentro de um matagal.

Na Rua Joaquim Amorim Júnior, no Bairro de Bodocongó, a PM conseguiu localizar o carro com os ocupantes, que indicaram onde jogaram o pacote que continha cocaína.

Ao serem questionados, os detidos disseram que estavam trabalhando em um apartamento no conjunto João Paulo II e foi justamente lá, onde foi encontrada a estrutura do laboratório de refino dos entorpecentes. Foram encontrados dentro do imóvel: prensa hidráulica, mais 2kg de cocaína e um fuzil 762 escondido em um fundo falso no teto do apartamento.

Os policiais ainda localizaram produtos para mistura do entorpecente como creatina, gesso e cal que eram usados para aumentar o volume dos entorpecentes.

Os presos foram atuados em flagrante. Eles tem 22 e 37 anos de idade e são moradores dos bairros das Malvinas e Jeremias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui