“Praticamente um milagre”, diz esposo de mulher encontrada em mata

O esposo de Rita Kátia, de 42 anos, localizada nesta sexta-feira (8) após ficar quatro dias desaparecida, disse que encontrar a esposa com vida foi “praticamente um milagre”. A mulher havia se perdido em uma região de mata no bairro do Geisel, em João Pessoa, quando foi levar a filha em um posto de saúde.

Cleiton Ribeiro disse que a esposa acabou caindo enquanto corria atrás da filha, que é autista, e que havia entrado na mata. Por causa da queda, a mulher teria ficado impossibilitada de se levantar. Durante os dias que ficou na mata, “ela disse que passou muito frio e fome”, afirmou o esposo.

“Foi praticamente um milagre, porque ela passou quatro dias sem comer, beber, sem poder se movimentar. Ela disse que sonhava que a filha vinha resgatar ela”, completou Cleiton.

Rita Kátia está no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa e apresenta um “quadro clínico estável”, conforme o diretor da unidade, doutor Laércio Bragante.

“Ela está fazendo alguns exames de rotina, que é natural pelo que ela passou. Mas está bem, até agora não foi apresentado nada grave”, disse o esposo de Rita, que afirmou estar aliviado com o desfecho da situação. “Foi uma agonia que eu não desejo nem para os meus inimigos. Quatro dias de angustia, foi horrível”, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui