Polícia prende terceiro acusado de participação na morte de Expedito Pereira

Foi preso pela Polícia Civil do Rio Grande do Norte, nesta quinta-feira (12), o terceiro acusado pela morte do ex-prefeito de Bayeux, Expedito Pereira. 

O gestor foi assassinado em dezembro de 2020, enquanto caminhava por uma rua do bairro de Manaíra, em João Pessoa.

Condenados e presos

Os outros dois acusados pela morte do idoso, Leon Nascimento dos Santos e José Ricardo Alves Pereira, foram condenados a 24 e 20 anos de prisão, respectivamente.

José Ricardo, sobrinho de Expedito, foi condenado por ser o mandante do crime.

Gean Carlos da Silva Nascimento estava foragido desde o dia do crime. Ele é ex-funcionário de Ricardo e, segundo as investigações, teria conseguido a moto e a arma usadas por Leon na execução do crime.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui